(11) 4489-8900 | (11) 4488-3305

Combate ao trabalho infantil: PETI realiza audiência pública do projeto “Criança trabalhando? Isso não é legal!”

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 23/05/2019

Foi realizada na tarde da última quarta-feira (22/5) à audiência pública do projeto “Criança trabalhando? Isso não é legal!” que faz parte do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), projeto desenvolvido pela Associação Cultural Conpoema, em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

O objetivo da audiência foi apresentar as atividades promovidas em combate ao trabalho infantil em Francisco Morato. Analisando também os números de atendidos, o resultado do programa e o levantamento de pautas de quais caminhos seguir para continuar protegendo as crianças moratenses.

O presidente do Conpoema, Roger Neves, ressaltou que o alcance do programa é essencial para ampliar ainda mais o atendimento a vítimas o trabalho infantil, “Estamos em tempos difíceis e o olhar para esse público tem que ser dobrado. O trabalho não deve fazer parte do dia a dia desses que são nosso futuro, por falta de diálogo ou um projeto acolhedor”.

A associação colocou como meta 2.000 atendimentos entre usuários e profissionais da rede de educação, durante a realização do projeto. Na conclusão, a meta foi ultrapassada chegando a 2.425 atendidos, sendo desse número 1.838 crianças e adolescentes.

A prefeita Renata Sene esteve presente na audiência e falou sobre o projeto, “Nesse mês marcado também pela campanha #FaçaBonito na luta contra o abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes, é de extrema importância dessocializar a imagem do trabalho como responsabilidade desses que devem estar na escola e brincando”.

Além da prefeita estiveram presentes na audiência o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Wagner Santana, e os vereadores Jair Sene e Salsicha.