(11) 4489-8900 | (11) 4488-3305

Costurando o Futuro: alunos da E.M. Antônio Federzoni recebem novos agasalhos

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 16/05/2019

A Prefeitura de Francisco Morato, por meio do Fundo Social de Solidariedade em parceria com o Fundo Social do Estado de São Paulo e a Secretaria de Educação, realizou na manhã desta quinta-feira (16) a entrega dos agasalhos do programa Costurando o Futuro para os alunos da E.M. Antônio Federzoni, no Jardim Alegria.

Entre as autoridades que formaram a mesa simbólica estavam a prefeita Renata Sene, a Secretária de Educação, Lélia Hartmann, o Secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Wagner Santana e os vereadores João Raposo e Márcia DellaTorre.

A ação reuniu diversos familiares na entrega dos agasalhos para as turmas do berçário e maternal, que também tiveram a oportunidade de conhecer as participantes do programa Costurando o Futuro e responsáveis pela confecção dos 500 kits produzidos no total.

“É muito importante pra nós estar iniciando algo tão importante e simbólico. O cuidado com nossas crianças é a raiz da política pública, e também não podemos esquecer e deixar de enfatizar a importância por trás do trabalho de todos os alunos do Costurando o Futuro. Eles foram incríveis”, disse a prefeita Renata Sene.

Com um início de dia friozinho marcando 18º graus, o primeiro a vestir e se aquecer com o novo kit foi o pequeno Miguel Guedes, de um ano e seis meses. Miguel, com uma simpatia única, desfilou e apresentou cada detalhe da sua nova vestimenta do dia a dia.

Tão feliz quanto o Miguel estava sua mãe, Juliana Lima, de 19 anos, que elogiou o programa, “Me alegra em ver a felicidade do meu menino, como também fico muito feliz em saber que muitas outras crianças também serão contempladas. Não são todas as mães que têm condições de agasalhar suas crianças em dias gelados e um programa como esse mostra a importância de um olhar cuidado com nossos filhos”.

É importante ressaltar, que esse é um projeto piloto que tem como objetivo observar a adesão e aprovação das crianças, pais e responsáveis para que futuramente o programa seja implantado em todas as escolas da rede.