(11) 4489-8900 | (11) 4488-3305

Serviço de recolha de animais de grande porte é iniciado na cidade

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 02/01/2018

A prefeitura iniciou por meio do SAME a apreensão de animais de grande porte em vias públicas que estejam em situação de risco, ou causando risco. De acordo com o Decreto nº 115 G de 2017, que a prefeita Renata Sene assinou, a apreensão de todo e qualquer animal de grande porte, que estejam transitando pelas vias públicas e logradouros do município, exceto quando estiverem sendo guiados por pessoa com idade e força suficientes para controlá-los, serão apreendidos; assim como também serão os animais que forem submetidos a maus tratos; mantido em condições inadequadas de vida ou alojamento; mantido ou criado em áreas ou locais proibidos e com suspeita de doenças transmissíveis.

Ainda de acordo com o decreto, os animais poderão ser resgatados pelos proprietários após cumprirem os quesitos necessários, que são:
Proceder ao reconhecimento do animal e assinatura da declaração de posse; exame de sanidade, atestado por Médico Veterinário do órgão competente do SAME; vacinação contra as zoonoses e outras doenças transmissíveis, especificamente indicadas para a espécie em questão e ressarcimento de diária referente ao período de permanência.

Os animais são alojados em um espaço adequado em Campo Limpo e os que não resgatados poderão ser adotados, doados ou irem a leilão.

Porém, a prefeitura não quer apenas apreender os animais e vê a necessidade da conscientização da posse responsável do animal. Por isso, a Secretaria Municipal de Governo, por meio da Coordenadoria de Imprensa e Relações Públicas, lançou a campanha “Animal não é brinquedo, sente fome, frio e medo”.
Antes de adotar um animal, confira algumas orientações sobre posse responsável, pois é necessário refletir sobre alguns pontos fundamentais, como a higiene, prevenção de doenças, condução segura e adequada, proteção, cuidados e castração.

- Seja um dono ou uma dona responsável
Antes de ter um animal, avalie se você tem condições de adotar. Você será responsável por ele e ele dependente de você. Converse com a sua família, pois um animal muda a vida de todos.
- Rua não é lugar de animal
A não ser que ele esteja acompanhado e devidamente guiado, não abandone seus animais na rua. Eles passam fome, frio, sede, podem se acidentar e causar acidentes, além de correr o risco de serem mal tratados. Por todos estes fatores, um animal abandonado causa risco para a comunidade. O Decreto 115G de 2017 determina que os animais de grande porte abandonados sejam apreendidos.
- A saúde deles é sua responsabilidade
Todo animal pode ter doenças e precisa ser vacinado, assim como nós. Por isso, procure sempre um veterinário e não abandone o animal caso alguma doença seja descoberta, procure ajuda.
- Dê atenção a ele e não maltrate.
Maus tratos a animais é crime federal. Lei 9605 de 98.

A posse responsável de animais traduz o exercício consciente da cidadania.