Completando dois anos de sua implantação, Programa Mãos à Obra nas Escolas recebe ordem de serviço para a nova fase

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 14/12/2020

Neste mês de dezembro o maior programa de recuperação das escolas municipais, o Mãos à Obra nas Escolas, completa dois anos de diversas conquistas e remodelação na infraestrutura da nossa rede de ensino.

A prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, mesmo em tempos de pandemia não parou de realizar os trabalhos de reforma que visam criar um ambiente seguro, valorizando os profissionais e acolhendo as crianças com qualidade e conforto.

E dando continuidade no programa, nesta segunda-feira (14) foi assinada a ordem de serviço para a próxima fase do Mãos à Obra nas Escolas em cerimônia realizada na E.M Isabel Lupianhes Romera.

Estiveram presentes no evento a prefeita Renata Sene; a secretária de Educação, Lélia Hartmann; a diretora da E.M Isabel Lupinhes, Maria Alice; o secretário de Obras, Marco Goes; e os vereadores, João Raposo, Ildo Gusmão e Professor Mimo.

Além da E.M Isabel Lupianhes Romera, os serviços gerais de manutenção preventiva e corretiva também atendem nessa nova fase as escolas: E.M Doutor Ulisses Silveira Guimarães, E.M Prof.º Égon Shaden, E.M Prof.ª Tânia Fernandes, E.M Machado de Assis e E.M Prof.ª Lairce dos Santos Lupianha, todas do Ensino fundamental. Já a E.M Prof.ª Hely Mara da Silva (CEJA), também contemplada, atende à Alfabetização para Jovens e Adultos.

“Para nós a educação não é só dentro da sala de aula, ela corresponde à um conjunto de ações na escola, sendo em infraestrutura e outros programas, que tragam dignidade de ensino para os alunos e trabalhadores da educação”, disse a Prefeita Renata Sene.

Entre as diversas ações programadas serão efetuadas troca de parte elétrica, pinturas externas e internas, troca e reforma de telhados, adequação e troca de pisos, reforma de banheiros, instalação de pisos de borracha, de bebedouros, cobertura de pátio e quadras, adequação de cozinhas e outras.

A secretária de Educação, Lélia Hartmann, enfatizou a conquista, “lutamos para que a cada dia os alunos moratenses e os trabalhadores da educação se sintam empolgados ao pisar na escola. A luta por uma educação de qualidade em nossa gestão é rígida em vários eixos, principalmente na infraestrutura, que com o carinho recebido nos trará muitos frutos”.

Com as intervenções nessas sete escolas 3.876 alunos serão beneficiados, desses, 169 alunos da Educação para Jovens e Adultos (EJA).

O Mãos à Obra na Escola foi uma prioridade eleita durante as plenárias do Plano Plurianual Participativo (PPA) realizadas em vários bairros durante o ano de 2017, quando a prefeitura ouviu as reivindicações de pais e responsáveis pelos alunos do município, e, na área da educação, solicitou uma atenção redobrada com a infraestrutura das escolas.