Como conviver com um familiar infectado pela Covid-19?

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 17/06/2020

Saber como lidar, cuidar e agir com algum infectado da família e que vive no mesmo ambiente que você é uma tarefa que deve ser feita com o dobro de cuidado.

O familiar que apresenta sintomas leves sem desconforto respiratório deve permanecer em casa durante 14 dias, e nesse período algumas recomendações são essenciais:

Isolamento em um quarto individual e ventilado: A ideia é que a pessoa não circule por todos ambientes da casa. A cama não pode ser compartilhada e em caso de um só quarto, torne outro cômodo em um espaço para familiar infectado.

Casa pequena: Se a casa tiver apenas um cômodo, o familiar infectado deve manter a distância de pelo menos um metro dos demais membros da família. É necessário limpar com alvejante, mais de uma vez por dia, as superfícies tocadas frequentemente.

Talheres/pratos e roupas: A refeição deve ser levada para o familiar dentro do ambiente de isolamento. Seus pratos e talheres devem ser lavados separadamente. Roupas pessoais, toalhas e demais itens pessoais devem ser separados em sacos plásticos e lavados com sabão e água entre 60 e 90º.

Banheiro: Se possível reserve um banheiro para o familiar infectado, no caso de apenas haver um, ao utilizar ele/ela deve estar usando mascara. Após o uso, deve ser feita a higienização em todos os locais tocados pelo paciente.

Único Cuidador: Para diminuir ao máximo o risco de proliferação do vírus, apenas uma pessoa da família deve realizar o trabalho de cuidados com o infectado (a). Esse cuidador deve, de preferência, ter boas condições de saúde e sem morbidades preexistentes.

Vale ressaltar que as orientações básicas de higiene e proteção como higienização das mãos, o uso de máscaras e distanciamento social permanecem para todos os membros da família.