Entenda porque Francisco Morato não precisou construir um Hospital de Campanha

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 29/04/2020

Primeiramente, é importante ressaltar que um hospital de campanha serve como infraestrutura para a disponibilização de mais leitos, e no caso de Francisco Morato, já contamos com essa infraestrutura.

Ao todo, a nossa cidade já contava com 65 leitos de enfermaria, sendo 50 na Santa Casa de Misericórdia e 15 na UPA 24h; em decorrência da pandemia da Covid-19 a Prefeitura, por meio do SAME, criou mais 35 novos leitos de baixa complexidade em espaço já existentes na Santa Casa.

Esses leitos são destinados a pacientes que apresentam sintomas leves a moderados e procuraram as unidades básicas de saúde ou o pronto atendimento. Atualmente, estamos com uma ocupação de 45,7% dos leitos para infectados da Covid-19.

Em poucos dias, se não respeitado o distanciamento social, podemos aumentar o número de infectados e consequentemente de pessoas que precisam de uma atenção maior, sendo necessária a internação. Nos levando a ultrapassar essa porcentagem e atingir números alarmantes. Por isso a extrema importância e insistência para que, se possível, fique casa.