Políticas Públicas de Desenvolvimento Sustentável abraçam as crianças moratenses

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 13/01/2020

A Prefeitura Municipal de Francisco Morato tem trabalhado firme para cumprir e reforçar os objetivos de políticas públicas sustentáveis que vem acrescentando, e muito, ao desenvolvimento de nossa cidade.

Francisco Morato tem suas ações voltadas para as metas propostas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, agenda 2030 da ONU.
Entre os diversos eixos dessa importante caminhada pela qualidade do desenvolvimento sustentável da municipalidade, um dos principais direcionamentos é voltado as nossa crianças e adolescentes.

Proteger, educar e transformar as vidas das crianças moratenses são o pilares que sustentam a importância de cuidar do presente, para garantir um futuro ainda mais promissor em Francisco Morato. Por meio das políticas públicas, ações e programas vieram para trazer uma nova perspectiva do que é ser criança e viver em nossa cidade.

No esporte, o Programa Criança Cidadã atende mais de mil alunos em dez escolas do município. Atualmente, os alunos que participam do programa praticam seis modalidades esportivas, que são atletismo, handebol, futsal, judô, damas e xadrez, além de atividades extras, como dança, teatro e outras.

Outro destaque é Plano Municipal para a Infância e Adolescência (PMIA) de Francisco Morato, trabalhado desde 2017, com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Francisco Morato em parceria estabelecida com a Fundação ABRINQ. O objetivo do Plano é fortalecer as políticas sociais básicas para garantir a proteção e garantia de direitos da criança e do adolescente moratense por meio de políticas integradas e articuladas entre as ações governamentais e não governamentais na área em discussão.

Vale lembrar que o combate contra o trabalho infantil é essencial no desenvolvimento dos nossos pequenos, e, pensando na brincadeira como a principal aliada para garantir um futuro promissor, foi iniciado na cidade o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), em parceria com a Conpoema. Nele, o objetivo é retirar as crianças e adolescentes, de 07 a 14 anos, da situação de trabalho infantil possibilitando o acesso, a permanência e o bom desempenho escolar, incentivando a ampliação do universo de conhecimentos por meio de atividades culturais, esportivas, artísticas e de lazer no período complementar à escola, entre outros eixos.

Já em 2020, o ano começou com a histórica posse dos conselheiros tutelares municipais, que terão a missão de até 2024 zelarem para que os direitos da criança e do adolescente sejam garantidos, fiscalizando e tomando providências diante da ameaça a esses direitos.

As ações são contínuas e a luta pelas crianças não param por aqui, muitas ações seguem em desenvolvimento para que crescer em Francisco Morato seja referência.