(11) 4489-8900 | (11) 4488-3305

Francisco Morato desenvolve importante trabalho de educação ambiental

Por: Coordenadoria de Relações Públicas | Em: 20/08/2019

A tarde paulista da última segunda-feira (19/08) assustou repentinamente a população de São Paulo. O dia virou noite, com um céu de cinza escuro para preto. O fenômeno foi intitulado como um pedido de socorro do meio ambiente, já que o acontecido estava relacionado com a presença de partículas oriundas da fumaça produzida em incêndios florestais na região amazônica, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O ocorrido acendeu um alerta em busca de caminhos que ajudem a mudar esse cenário, não só em São Paulo, como também no país. Contudo, há anos Francisco Morato vem se empenhando para colaborar e reforçar o desenvolvimento sustentável e ambiental da cidade.

A Secretaria Municipal de Obras, por meio da Coordenadoria de Meio Ambiente, vem trabalhando em todos os eixos da preservação e compensação ambiental tornando nossa cidade um exemplo na região.

No projeto de educação ambiental da Coordenadoria de Meio Ambiente foram atendidas 22 escolas municipais, com alunos do 4ºs e 5ºs anos. No total, foram distribuídas mais de 5 mil mudas em tubetes, todas vindas da doação das 7 mil feita pelo Instituto Olinto Marques, do programa Árvore Generosa.

As outras 2 mil mudas restantes são utilizadas para a educação ambiental das crianças que visitam o Viveiro Municipal, que está prestes a completar um ano de sua inauguração.

No próximo mês, setembro, completa um ano também a ação da Coordenadoria com o plantio de 150 mudas na entrada de Francisco Morato. A ação, que foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, trouxe alunos da rede municipal de ensino para ao lado dos funcionários da prefeitura plantarem as mudas de ipês e mudar o visual do acesso de nossa cidade. Vale lembrar que a Coordenadoria também doou 53 mudas para a realização de plantio dentro da nova Creche Central (EM. Vereador Heitor Hartmann).

Diversas vidas foram alcançadas diretamente com esse exemplar trabalho ambiental, como por exemplo, o pequeno Felipe de Souza, de 10 anos e morador do Jardim Vassouras. Felipe recebeu sua mudinha no projeto de educação ambiental e, bem regrado, passou a cuidar dela como parte da família.

“Eu fico muito feliz em saber que sou amigo da natureza e posso ajudar ela a ser forte. Todas as crianças precisam fazer essa brincadeira e ver o quanto é legal ter uma plantinha”, disse Felipe.

Que mais crianças criem esse afeto com o meio ambiente, ajudando em sua preservação e proteção. É de extrema importância que a população em geral seja o braço direito nesse trabalho que vem transformando Francisco Morato. Cuide, plante e preserve.